Senador Gerson Camata elogia ex-imperadores do Brasil

 

PLENÁRIO / Pronunciamentos
12/11/2007 – 17h27
Camata elogia ex-imperadores do Brasil
[Foto: senador Gerson Camata ]

Primeiro orador a ocupar a tribuna nesta segunda-feira (12), o senador Gerson Camata (PMDB-ES) lembrou a figura do ex-imperador brasileiro D. Pedro II. O senador elogiou a trajetória do monarca, que governou o Brasil por 50 anos. Após a Proclamação da República, acrescentou Camata, D. Pedro II recusou a pensão oferecida pelo governo brasileiro e acabou morrendo pobre. Em seu velório em Paris, onde morreu, foi homenageado com a presença de representantes de 80 países, menos do Brasil.

– É um exemplo para nossos governantes de hoje. Homem dedicado e apaixonado por seu país – elogiou Camata.

Na interpretação do senador, D Pedro II era republicano e dizia que a imprensa livre era “a grande auxiliar da missão de governar”.

– É um exemplo para os nossos governantes de hoje, diante de tanto escândalo que estoura por aí, um exemplo de homem dedicado ao seu país, amante do seu país, apaixonado pelo seu país – disse Camata.

O senador também elogiou a figura de D. Pedro I, “fundador do Brasil”, na interpretação de Camata, por ter proclamado a independência do país. Falecido aos 33 anos, disse o senador, D. Pedro I foi elogiado pelo jornal New York Times, que afirmou ser o falecido imperador “o governante modelo do mundo, o mais ilustre monarca do século XIX, que tornou o Brasil tão livre quanto uma monarquia pôde ser livre”.

– De modo que nós, republicanos, devemos à Monarquia brasileira não só a unidade do país, mas os exemplos de hombridade, de honestidade, de respeito à coisa pública, que infelizmente estão faltando na República brasileira e que sobejaram no Império. A Monarquia nos deixou, então, inúmeros exemplos: da liberdade de imprensa, da liberdade de atuação, da liberdade de pensamento e o exemplo fundamental da honestidade – afirmou Camata.

Senado Federal – Agência Senado -Notícias.

Monarquia em Ação
Um grupo de amigos reunidos para divulgar, difundir, apoiar, os esforços de todos os brasileiros para restaurar a forma monárquica de governo.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply