Dinastia Romanov comemora 400 anos de existência

Dinastia Romanov comemora 400 anos de existência
Mikhail Aristov
21.02.2013, 17:07
Há 400 anos, a Assembleia Popular (Zemsky Sobor, em russo) elegeu por unanimidade o primeiro czar russo da dinastia Romanov, Mikhail Romanov. Esta decisão histórica, tomada em Moscou, foi apoiada por representantes de todas as camadas sociais de então e foi tornada pública em 21 de fevereiro, segundo o calendário juliano, ou a 6 de março, de acordo com o calendário gregoriano.
Importa notar que a Assembleia foi convocada só após a libertação de Moscou de invasores polacos que foram derrotados pelo exército popular, liderado por Kuzma Minin e Dmitri Pozharsky. A vitória dos russos pôs termo ao chamado Tempo de Dificuldades (1598–1613), quinze anos caóticos que puseram o país à beira do abismo.No início de 1613, na Catedral de Assunção do Kremlin de Moscou, se reuniu um colégio de 800 eleitores, procedentes de 58 vilas e cidades russas. A questão sobre o futuro reinado foi debatida por representantes de boiardos, clero da Igreja Ortodoxa, cossacos, comerciantes, artesões e camponeses. A primeira deliberação excluiu logo a “possibilidade de eleição de um estrangeiro” e apontou a necessidade de eleger candidato de origem russa, reputa o membro-correspondente da Academia de Ciências, Andrei Sakharov.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply