Volta da monarquia é desejada pelo Brasileiro!

O brasileiro deseja a volta da monarquia

Por Jhonnatha Fernandes em 25/11/2013

Tamanho da fonte: Aumentar o tamanho da letraDiminuir o tamanho da letra

O brasileiro deseja a volta da monarquiaO brasileiro decidiria pela volta da monarquia se pudesse escolher novamente o regime de governo do país, pelo menos este foi o resultado de uma enquete realizada pelo Portal Terra. Após 20 anos do plebiscito que decidiu pelo Republicanismo presidencialista o cidadão brasileiro parece começar a confirmar a ideia de que o plebiscito não demonstrou o verdadeiro desejo da nação. Feito às pressas e com uma campanha confusa e pouco informativa o brasileiro voto no presidencialismo, mas se mostra arrependido.

A pesquisa mostrou que a imensa maioria dos participantes desejaria o retorno do sistema monárquico parlamentarista que vigorou no Brasil entre 1822 e 1889. A mudança de regime no Brasil não foi algo que teve o aval popular, e isso é claro, na realidade nossa república foi implantada com um golpe militar, o primeiro de nossa história.

O Plebiscito de 1993

Após a queda da ditadura em 1985 o Brasil entrou num turbulento debate político sobre que caminho seguir a partir de então, inclusive foi reaceso o debate sobre manter a república ou voltar a ser uma monarquia. Com a constituição de 1988 ficou acertado a realização de um plebiscito popular para que fosse decidido o regime de governo que vigoraria no Brasil a partir de então. Mesmo com este acordo foram realizadas eleições presidenciais, os defensores das diretas já defendiam que era importante estas eleições para assegurar a estabilidade política no Brasil.

Em 1989 foram realizadas então as eleições presidenciais e Fernando Collor foi eleito. Não é preciso lembrar que seu governo foi um fracasso e este sofreu o impeachment em 1992, mas habilmente renuncia em 29 de dezembro do mesmo ano para não ser condenado. Com a saída de Collor assume a presidência da república Itamar Franco.

Logo após tomar posse, Itamar Franco promulga a Lei 8.624 de 04 de fevereiro de 1993 que regulamentava a realização do plebiscito para a escolha do regime de governo. E o que se viu a partir daí foi uma manipulação de datas e campanhas para que o regime republicano não fosse vencido, impedindo assim que o processo fosse democrático de fato.

Estava previsto a realização do plebiscito no dia 7 de setembro, tendo então 7 meses de campanha para a conscientização da população, mas o processo foi arbitrariamente alterado logo após pesquisas iniciais que demonstravam que o regime monárquico possuía cerca de 30% do eleitorado. A data do plebiscito então foi altera para 21 de abril daquele ano, mais de 4 meses antes da data inicial. Por estes e outros acontecimentos o regime entrou para a história como legal mas não legítimo.

A Pesquisa recente

O Portal Terra realizou uma enquete em que procurava saber se o povo pudesse votar novamente no regime de governo do país 20 anos após a realização do plebiscito de 1993 se o regime republicano presidencialista se sustentaria, e o resultado foi espantoso, a esmagadora maioria escolheu a Monarquia como regime acompanhado pelo parlamentarismo. Confira o resultado.

– Monarquia – 82 %
– República – 03 %
– Parlamentarismo – 11%
– Presidencialismo – 04%

Total de votos: 7.475 – Link original da pesquisa no Portal Terra

Artigo publicado originalmente no site parceiro Moral Política

*Jhonnatha Fernandes é blogueiro e mora na cidade de Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply