BISMARCK, PEDRO II E LULA

BISMARCK, PEDRO II E LULA

Gastão Reis

O que teria o Lula a aprender com figuras como o Chanceler alemão Otto von Bismarck e o nosso Pedro II, além de compostura e respeito ao di-nheiro público? Muita coisa. Mas antes, caro leitor, cabe enquadrar a questão numa moldura mais ampla oriunda da desinformação e da falta de modéstia dele. É mais que reveladora sua língua solta ao se vangloriar de ter chegado à presidência sem estudar. E seu pouco apetite de encarar um livro e aprender com quem sabe mais do que ele até mesmo em benefício próprio e do seu tão caro (caríssimo para nosso bolso!) PT. Teria, certamente, evitado cometer erros tão danosos ao país e à desmoralização do seu próprio partido. Apenas pensar dessa forma (iletrada) já seria temeroso, mas dizer isso em público é inaceitável pelo efeito deletério na cabeça da juventude, já tão sem referenciais pelos quais se pautar. Em especial num país que perdeu o rumo em matéria de ética na vida pública, e mesmo para o projeto de vida de cada jovem. Afinal, que país chegou ao pleno desenvolvimento “pensando” desse modo?

Nessa linha, cabe mencionar uma citação de Bismarck: “Com leis ruins e funcionários bons ainda é possível governar. Mas com funcionários ruins as melhores leis não servem para nada”. O que Bismarck não previu e o Lula implementou foi a maquiavélica combinação de leis ruins com funcionários piores ainda. A última tentativa de emplacar os conselhos populares de sua pupila Dilma e os inúmeros cargos comissionados (e como!) por companheiros da pior qualidade exemplificam bastante bem esse estratagema pernicioso. Poderia também ter aprendido com Lincoln a máxima de que ninguém engana a todos o tempo todo. A diferença é que o lenhador americano, que chegou à presidência dos EUA, nunca se descuidou de sua própria educação. E ainda deu uma resposta de imenso significado humano ao senador oposicionista que fez questão de lembrar-lhe, no dia de sua posse, que era filho de um simples sapateiro. “Agradeço, senador, ter me lembrado do meu saudoso pai neste momento. Torço para que eu tenha a mesma competência dele como presidente como ele o foi em seu oficio de sapateiro”. Estivesse onde estivesse, o pai de Lincoln muito se orgulharia dessa resposta. Já à Dona Lindu, dadas as circunstâncias atuais de grossa roubalheira, restaria enrubescer de vergonha…

No plano institucional da preservação da democracia e da liberdade de pensamento e de expressão (pobre funcionária do Santander!), a visão de Pedro II em relação à imprensa lhe faria muito bem, se tivesse lido um pouco mais, como Lincoln nunca deixou de fazer. Para Pedro II, a imprensa se combate com a própria imprensa. Ou seja, é o livre trânsito das ideias e da informação que fará a verdade vir à tona. Mais de um século depois, Lula ainda não aprendeu a lição, haja vista as repetidas tentativas de aprovar a lei de controle social dos meios de comunicação. Embarcou na canoa furada de que a verdade nada mais é do que a verdade da classe social que está no poder, como propagava Gramsci, o teórico comunista italiano. Quem tiver alguma dúvida no que isso vai dar, basta fazer uma visitinha à Cuba ou à Venezuela atuais.

Bismarck e Pedro II sabiam, como estadistas que eram, que a política e as políticas públicas precisam se conduzidas com visão de longo prazo. Quando os interesses (os escusos, principalmente) de curto prazo predominam, é certo que a coisa vai degringolar, como está ocorrendo. Basta ler as últimas edições da revista VEJA. Forças da sociedade civil organizada, intelectuais, artistas de renome, dentre muitos, vêm, cada vez mais, se afastando do PT. O que restou foi gente condenada pelo mensalão, outros (muitos) encastelados no aparelhamento do Estado e aqueles que não querem ver a malversação atroz do dinheiro público. Lula, Dilma e o PT ficaram tão espertos politicamente que está complicado diferenciá-los dos Sarneys e Malufs da vida. A continuar os desmandos do atual governo, ainda chegam lá. A rigor, já chegaram…

Minha identificação: Gastão Reis Rodrigues Pereira, Empresário e economista

E-mail:gastaoreis Cel. (24) 9-9272-8586

Site pessoal: www.smart30.com.br

img.gif?ukey=agxzfnNpZ25hbHNjcnhyGAsSC1VzZXJQcm9maWxlGICAgP2nrtAIDA&key=0ce2d574-8d0b-42a3-c81e-c77d29f7db41

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.